Relato de viagem: Viagem ao Sul do país

Para não ficar em casa as férias todas, resolvi encarar o desafio de viajar sozinha no Brasil. A experiência foi ótima, vários pontos positivos, alguns negativos (sempre tem que ter) e algumas reflexões.

Primeiro destino: Porto Alegre. O voo da Azul Linhas Aéreas saiu as 3h30m da madrugada do dia 14/10, com chegada em POA às 8h45m da manhã. No aeroporto mesmo comprei as passagens para Gramado, pela companhia Citral. Saem ônibus quase de hora em hora pra Gramado, ao preço de R$ 28,95 com seguro de viagem (R$ 26,00 sem o seguro). Chegando lá, fui de ônibus (R$ 2,90) para o Gramado Hostel, que fica na Av. das Hortências, a meio caminho de Canela.

Ao chegar, já fechei um dos pacotes de passeio: Tour Uva e Vinho com passeio de Maria Fumaça por Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi. Resolvi fazer alguns dos passeios a pé mesmo, mas meus planos foram mudando à medida que o tempo ia esfriando.

Na 5a feira (14/10) dei uma volta por Gramado à pé mesmo, muito linda (e cara!) a cidade. Perfeita para lua-de-mel! Frio, vinho, fundue… Hummmm, delícia! Por falar em fundue, recomendo o C’est Mieux para jantar, com sequencia de fundue que você come até dar uma dor… Fui para lá com a Letícia, colega de hostel, do Espírito Santo.

Sexta-feira (15/10), dia mais quente que passei lá, com 25° a tarde. Fui até a fábrica de chocolates da Planalto pela manhã (é só ligar para a fábrica que eles buscam e deixam a gente onde quisermos, e ainda dão desconto nos chocolates comprados). À tarde, fiz um city tour por Gramado, com paradas no Pórtico para as fotos de praxe e no Lago Negro. Após o passeio, fui visitar o Minimundo, miniaturas de palácios, torres, pontes, casas e igrejas do mundo todo! À noite comi com a Letícia no Pasteleiro, lanchonete temática com decoração sobre o Festival de Cinema de Gramado.

Dia 16/10, sábado, foi o dia do Tour Uva e Vinho, que dura o dia inteiro. Nesse passeio, encontrei um ex-ficante de carnaval, que por coincidência estava também em Gramado com a família. Primeiro fomos à Carlos Barbosa, visitar a fábrica da Tramontina (caríssima!). Ao lado da fábrica, tem uma loja (Cantina de Formaio) que oferece degustação (e compras!) de queijos diversos. De lá, partimos para a estação ferroviária, para pegarmos a Maria Fumaça em direção à Bento Gonçalves. No caminho, acontecem apresentações de músicas típicas italianas, esquetes teatrais, dança etc etc. Na estação de Garibaldi é feita degustação de vinho e cantamos com uma dupla de artistas locais “La bela Polenta”, muito divertida, onde todos da Maria Fumaça dançam e cantam. Já chegando em Bento Gonçalves, mais degustação de vinho e de suco de uva. De lá partimos para almoçar num self service (esqueci o nome, juro!) e tiramos fotos na igreja matriz, para depois seguirmos para a Vinícola Miolo e para a Cantina Strapazzon. Em ambas, mais degustação de vinho e queijos. Voltamos para Gramado às 20h. Mais tarde, fomos (eu, Letícia, Tatiane e Etori – galera do hostel) para o Bill Bar, encontrar a Samira e o Samuel (aquele lá que eu falei). Vale a pena conhecer essa bar, lotado, 3 ambientes (mas no dia só funcionou 2), bebida relativamente barata… só não gostei de pagar ingresso para entrar (R$ 15,00), mas isso é detalhe!

Domingo foi um dia morto! Gramado foi invadida por uma névoa incrível, não conseguíamos ver a mais de 4 metros de distância. O passeio para Canela (Alpen Park e Teleférico) não saiu, para minha sorte, e pude me recuperar da farra de vinho e vodca de sábado. A noite, quando o tempo melhorou um pouco, fui dar uma volta por Gramado e jantar no Pasteleiro. Quando voltei para o hostel, fechei junto com a Tati o passeio para Canela na 2a feira.

Na 2a feira pela manhã, fomos para a Aldeia do Papai Noel, linda, linda, linda!!! Passamos pelo Museu do Perfume e pelo Mundo Encantado. Depois almoçamos e voltamos para o hostel, pois a excursão para Canela nos pegaria lá à tarde. Nesse passeio, paramos primeiro na fábrica dos chocolates Lugano, ainda em Gramado. Depois seguimos para Canela. Fomos ao Mundo à Vapor, Parque do Caracol (lindíssimo!), ao Castelinho do Caracol e à Igreja Matriz. Fiquei impressionada com a diferença de preço de Canela para Gramado. Se eu tivesse sabido que em Canela era tudo tão mais barato, teria ficado por lá mais tempo para umas comprinhas básicas. À noite fomos fazer um lanche rápido perto do hostel, pois tinha que arrumar minhas malas, já que ia para Floripa na 3a feira pela manhã.

Dia 19/10, pela manhã, fui para a rodoviária, à caminho de Porto Alegre para pegar o voo para Floripa. Como a Azul Linhas Aéreas não tem voo direto de POA para FLN, tive que ir de Porto Alegre para Campinas, esperando quase 2h para a conexão que me levaria para Floripa, onde cheguei as 20h. Só consegui deixar minhas coisas no hostel (Floripa Hostel, que fica na Rua Duarte Schutel, 227) e dormir. O hostel fica bem no Centro de Florianópolis, o que recomendo demais porque os demais hostels de Floripa são nas praias, longe do centro da cidade.

Na quarta feira, dia 20, acordei cedo, fechei no hostel mesmo os pacotes para a Blumenau (Oktoberfest) e para o city tour pelas praias de Floripa. Pela manhã ainda, dei uma volta pela cidade, almocei e voltei para o hostel, pois a excursão para Blumenau me buscaria lá as 14h. Seguimos para a Oktoberfest; antes paramos numa loja na entrada da cidade para comprarmos nossos canecos e souvenirs de Blumenau. Entrando na cidade, fomos ao Museu da Cerveja e à Prefeitura. Logo em seguida, fomos para a rua XV de Novembro, onde acontecem os desfiles da Oktoberfest, que nesse dia começou as 19h30min. Muito bonito o desfile, e ainda distribuíam cervejas da região para quem levantasse o caneco quando eles passavam. De lá, seguimos para os pavilhões onde acontecem a Oktoberfest. Chegamos lá as 22h e ficamos até meia noite. Voltamos para Floripa e fui “jogada” no hostel às 3h da manhã, mooooooorta de sono!!!

Dia 21/10, 5a feira, foi o dia do city tour, que me buscou pela manhã cedo. Passamos o dia rodando a cidade, fomos à Igreja de Santa Catarina, passamos pela ponte Ercílio Luz e mercado público, seguindo então para as praias do leste e do norte da ilha. Visitamos Praia da Joaquina, Canasvieiras e almoçamos na Praia da Barra. Depois fomos à Jurerê Internacional, onde visitamos o Forte de São José da Ponta Grossa. De lá, voltamos para Jurerê Internacional e seguimos para Floripa. À noite, muito cansada, só fui comer no Habib’s, pois também precisava arrumar as malas, para voltar para Porto Alegre na 6a feira bem cedo.

Dia 22, as 6h da manhã, já estava no aeroporto, para voltar para Porto Alegre. Mas não sem antes passar pelos aeroportos de Campinas (com 2h de parada), Navegantes (só escala), até chegar em POA. Lá fiquei 6h no aeroporto esperando o voo para Fortaleza. Não tive nem ânimo para sair do aeroporto (minha ideia era fazer um city tour por POA), de tão cansada que estava e com 2 malas a tiracolo. As 20h45m meu voo para Fortal saiu, passando ainda por Confins, onde demorou um pouco por um problema na pia do banheiro que EU alertei a eles. Não via a hora de chegar em casa… E não vi mesmo!! Capotei o resto da viagem, e finalmente cheguei em Fortaleza às 1h15m da manhã.

Resumindo: a viagem foi ótima, pena que fui sozinha e que o dia da volta tenha sido perdido todo dentro do aeroporto, mas esse é o ônus de se viajar com os vouchers promocionais dados pela Azul, no site Viajamos.com.br

Nota mental: mesmo ficando em hostel, levar mala e não mochila da próxima vez!!!

Anúncios

6 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s