Relato de viagem: Feriado em Jeri

jericoacoara-01

Então voltei do paraíso… 3 dias em Jeri tem o poder de fazer não querermos voltar para casa. Reforçando o que disse no post passado, me hospedei na Pousada Caju, que fica na Rua São Francisco. A pousada parece um sítio; fora a alvenaria dos quartos, recepção e área social, todo o chão é de areia. A pousada oferece quartos de alvenaria e de madeira; ficamos num de madeira com capacidade para até 4 pessoas. O café da manhã é bem regional: tapiocas, bolos, cuscuz, pão, queijo, presunto, sucos, leite, café e achocolatados.

Agora falando dos roteiros, no 1º dia, fechamos pacote com o bugueiro Pitonho (depois coloco o contato dele), que nos levou ao tradicional passeio até a Pedra Furada, seguindo até a Lagoa Azul e depois à Lagoa do Paraíso. Esse passeio é lindo, as lagoas são maravilhosas, vale a pena demais. Já a caminhada até a Pedra, sinceramente, só vale a pena para quem ainda não foi até lá, uma vez que o acesso é difícil, e não há muita novidade na pedra para quem já a viu 3 vezes. Esse passeio, para três pessoas, saiu R$ 115,00.

Nesse passeio ficamos o dia todo, retornando para Jeri as 16h30m. Deixamos as bolsas na pousada e fomos ver o por-do-sol da famosa duna que leva o mesmo nome. Ali podemos ver a perfeição da natureza. A duna fica lotada, praticamente todos que estão em Jeri vão até lá acompanhar o sol se por. Para quem está de casal então, é um passeio super romântico, que termina com todos aplaudindo o fenômeno natural.

À noite, fomos jantar no Taverna, que serve pizzas, crepes e tudo o mais. Eu já havia comido lá na última vez que fui a Jeri e confesso que estava louca pelo crepe de nutella. Antes dele, pedi um crepe de peito de peru, que estava melhor que o nutella. A minha parte da conta deu R$ 45,00, pois além deles pedi um suco de limão para acompanhar. De lá, fomos ver as estrelas na praia e tomar umas caipiroskas nas barraquinhas da praia.

6a feira amanheceu embaixo de chuva, por isso acabamos nem pegando pacote nenhum. Ficamos em Jeri mesmo e fomos para a praia. Mesmo nublado, deu para aproveitar um bocado. Mais caipiroskas na beira da praia. Almoçamos no Bom de Boca, pedimos uma carne de sol trinchada, que teoricamente era para dois, mas comemos os 3 e ainda sobrou. O almoço não saiu mais que R$ 17,00 para cara (isso porque incluímos um ovo e os sucos).

Como o clima estava propício à preguiça, dormimos o resto da tarde. Depois saímos pela cidade e terminamos a noite no Restaurante Sapão. Todos pedimos sanduíches, eu e minha irmã pedimos Americano (R$ 10,00 cada) e o meu cunhado um Cheese bacon (R$ 18,00), mas ele se arrependeu, pois a propaganda que fizeram do sanduíche não chegava aos pés da realidade.

O Sapão é uma ótima pedida para quem quer comer, beber e ouvir boa música. Alguns grupos se revesavam na apresentação no palco improvisado. Por conta disso, e do ótimo atendimento do Alex (nosso garçom quase que particular), ficamos até altas horas (graças também às caipiroskas de abacaxi).

Sábado acordamos cedo. Fomos para o passeio à Lagoa da Tatajuba com o bugueiro Denilson. Na Tatajuba, que fica no município de Camocim, existem algumas opções de esportes, como Skibunda, kitesurf, windsurf… Para quem quer apenas sombra e água fresca, as tradicionais redinhas para deixar dentro d’água dão o tom do passeio… Esse passeio saiu por R$ 53,00 por pessoa.

Voltamos para Jeri para almoçar. Novamente fomos comer no Bom de Boca. Atendimento de primeira, comida boa e preço razoável? Nos tornamos fregueses! Dessa vez, pedimos Filé mignon com fritas para 2… Dessa vez o prato foi suficiente apenas para 3, reforçado com mais um ovo. Ao todo, não foi gasto R$ 50,00 (incluindo novamente 3 sucos). Chegando à pousada, fomos para a piscina, já que sábado fez todo o sol que não apareceu na 6a feira.

À noite, novamente fomos para o Sapão. Todos pedimos “Americanos” dessa vez, regados a mais caipiroskas (pensando agora, será sinal de alcoolismo?!?!?! kkkkkk). Como a minha intenção era ir para o Forro da dona Amélia mais tarde (o forró fica na Rua do Forró, e só começa depois das 2h da manhã), voltamos cedo para a pousada, porém nem o despertador foi capaz de me acordar…

Para aproveitar bem o último dia, acordamos cedo também. Ficamos em Jeri mesmo, já que iamos embora às 14h. O sol ajudou demais, e o último dia na praia foi perfeito. O mar de Jeri é ótimo para melhorar, nadar, boiar… pois não é revolto e até que fique fundo você tem que entrar muito mar adentro. Voltamos para a pousada, finalizar a bagagem.

Almoçamos no restaurante ao lado da pousada mesmo, não sei o nome confesso, mas o peixe que comemos, hmmmmmmmm… Muito bom!!!! Vale a pena (gente, é ao lado da pousada, não tem como errar)!!! O preço R$ 45,00 por pessoa, mais 2 refris (cada R$ 2,50)…

E no final, ainda ganhamos brigadeiro de colher de cortesia… Enfim, Jeri vale a pena demais, principalmente em época de baixa estação (sim, para eles junho ainda é baixa estação, e dá para negociar bem os preços de tudo).

Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s