Viajando só: e agora?

sozinho-na-estrada-ed-44-01
Imagem: site M de Mulher

Está de férias e não tem companhia para viajar? Deixe de lado o medo, a insegurança e arrume a mala/mochila. Veja algumas dicas para quem tem vontade ou está criando coragem para viajar só pela primeira vez:

a) Pesquise bem sobre o lugar para onde você quer ir. Procure ler em blogs de viagens, facebooks, twitter, sites ou revistas especializadas, mas principalmente veja a opinião de quem esteve mais recentemente no seu lugar de destino.

b) Se for viajar com a grana curta, vale a pena se hospedar em albergues/hostels credenciados pelos sites de albergues internacionais, como o HiHostel.com ou o Hostelbookers.com. Já tive experiência em albergues no Brasil e na Espanha (veja aqui) e até hoje nunca tive problemas. Uma vantagem em se hospedar em hostels é que você tem a oportunidade de conhecer pessoas de todos os lugares do mundo, já que é bem mais fácil para outros viajantes solitários fazerem amizade. Se você não quer dividir o quarto com pessoas desconhecidas, muitos albergues dispõem de quartos individuais ou duplos com preços bastante acessíveis (já fiquei em quarto para casal em Morro de São Paulo, na Bahia, e vou ficar em um dos dois albergues onde me hospedarei no Chile, para onde embarco amanhã). Hospedagem em hotéis para quem viaja só é bem mais cara e alguns hotéis nem oferecem quartos individuais, daí você acaba pagando o preço de duas pessoas.

c) Mala ou Mochila? Depende. Vai ficar poucos dias, leve uma mochila. Se for pequena então, nem precisa despachar (vai com você no avião, sem correr o risco de extravio de bagagem). Vai ficar mais dias e não está frio, leve um mochila um pouco maior, daquelas tipo de mochileiro mesmo, que resolve). Agora se você vai ficar  mais de 15 dias ou precisa levar roupas de frio, leve uma mala mesmo. Carregar roupas de frio em mochila acaba com a sua coluna, ninguém merece estragar a viagem antes mesmo de chegar ao hotel / albergue do destino.

d) Dinheiro ou cartão? Os dois!!! Leve um VTM (Visa Travel Money – cartão de débito pré-pago, normalmente usado para Dolar, Euro, Libra e Peso Argentino), um cartão de crédito internacional (lembre-se da taxa de IOF) e dinheiro em espécie (para táxis, metrôs, comprar lembrancinhas em barraquinhas de ambulantes, entrada de museus…), mas divida seu dinheiro. Se confiar, deixe um parte na mala (de preferência em lugares nada suspeitos), uma parte no cofre do hotel ou albergue (se houver), uma parte no banco (se tiver agência por perto, ótimo) e ande com uma parte com você naquelas “pochetes de viagens” que se usam por baixo da roupa (lembre de deixar acessível a quantidade de dinheiro que você vai precisar no dia, para evitar ficar mexendo na “pochete” sempre que precisar de dinheiro).

e) Faça um seguro de viagem. Sempre é bom ter essa proteção a mais caso ocorra algum problema com você durante suas tão sonhadas férias. Os seguros cobrem você para o caso de acidentes, doenças, extravio de bagagem, etc. Vale a pena gastar uma graninha com ele (veja algumas empresas e valores nesse post).

f) Leve sempre com você os seguintes itens: 2 cadeados (pelo menos, 1 para a mala e outro para o armário do hostel/albergue), tapa olhos (para dormir), dicionário prático da língua do país para onde está viajando (se for para o exterior) com frases prontas para você se desenrolar em qualquer situação (em hotel, no aeroporto, em supermercado, em lojas, etc etc etc), VTM ou cartão de crédito internacional, um mapa do metrô da cidade, baterias extras para câmera fotográfica, adaptador universal de tomadas (apesar da tentativa de universalização das tomadas, muitos países tem cada tipo estranho…. melhor não arriscar ficar sem carga por aí), uma toalha de banho.

g) Coloque na(s) sua(s) mala(s) /mochila(s) algo para identificá-la(s) mais facilmente na esteira dos aeroportos. Coloque fitinhas coloridas, envolva-as com os “protect bag” da vida, cole adesivos, uso cintas para fechamento da mala (tem horizontais e verticais).

h) Leve um livro, palavras cruzadas, bloco/caderno de anotações. Caso esteja sozinha em alguma refeição ou tenha um tempo livre entre um passeio e outro, tenha sempre a mão um bom livro ou faça notas sobre a viagem e, de preferência, mande pra gente o relato da sua viagem pra gente publicar, ok! 😉

i) Quando chegar ao destino, se informe com o pessoal do hotel ou do albergue onde for ficar como é a vizinhança do lugar. Evite andar a pé sozinho(a) a noite (prefira táxi), para não ter um surpresa nada agradável quando estiver indo ou voltando de uma baladinha.

j) Leve um bom par de tênis, uma sandália de dedos (tipo havaianas), uma sandália baixa e um salto, todos de cores básicas. Com isso, você evita excesso de peso quando você será a única pessoa para levar sua bagagem. Procure levar também uma calça jeans azul, uma calça preta e uma saia (da cor de preferência). Essas peças combinam com tudo e te ajudam a diminuir ainda mais o peso da mala / mochila.

Não tenha medo de viajar só. A sensação de liberdade e o autoconhecimento são imensos. Para você ter uma ideia, minha primeira viagem internacional foi para a Espanha, para fazer um curso em Salamanca, onde fiquei um mês. Fui completamente sozinha, dividi o quarto com uma garota de Taiwan durante toda minha estadia, viajei para Madrid e Barcelona em hospedando em albergues e desde então, quando não encontro companhias para as minhas viagens, arrumo minha mala e vou, de Passagem Na Mão, conhecer o mundo!!!

Espero ter ajudado. Qualquer dúvida ou pergunta é só falar!!!

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s