As belezas da Cidade Costeira

Arraial do Cabo – RJ

O Rio de Janeiro, conhecido por ser a Cidade Maravilhosa, desperta curiosidade em pessoas de todas as idades, seja por sua beleza natural, pelo jeito despojado dos seus habitantes, o sotaque chiado ou pela cultura.

Nos últimos anos, o Rio tem chamado a atenção do mundo pelos eventos que tem sediado, como a Jornada Mundial da Juventude em 2013, final da Copa do Mundo em 2014 e este ano receberá as Olimpíadas. Tudo isso contribui para a construção de uma imagem de cidade brasileira anfitriã e receptiva.

Em minha primeira viagem ao Rio, desembarquei no Aeroporto Internacional Tom Jobim, mais conhecido como Galeão, o maior do estado, e de lá fui direto para a rodoviária onde parti para Arraial do Cabo, uma cidade da Região dos Lagos, a leste da capital do Rio de Janeiro. “Arraial”, como é chamada, é uma cidade costeira aconchegante e de belezas naturais fascinantes.58050_444777632267709_834566587_n

A riqueza natural de Arraial possibilita ao visitante grande diversidade de passeios. Lá é possível fazer trilha pelos montes cobertos pela vegetação local e no fim ter uma vista panorâmica e deslumbrante da cidade. Para quem gosta de mergulhar, a cidade é um dos lugares no Brasil mais propícios ao mergulho, por conta de suas praias com águas cristalinas e tranquilas, além da riqueza da vida marinha.

Pelo Arraial você pode se deslocar facilmente a pé ou de bicicleta e conhecer alguns lugares históricos, como o marco histórico que preserva a memória da chegada de Américo Vespúcio, desbravador do local. Igreja de Nossa Senhora dos Remédios: erguida em 1506 pelos portugueses, a igreja está entre as primeiras edificações do país. Ambos estão localizados na Praia dos Anjos.

O atrativo que eu mais gostei foi o passeio de barco, que perpassa pelas mais belas praias da cidade. Saindo da Praia dos Anjos e com duração média de 4hs, o roteiro inclui “As prainhas”, praia da Ilha, praia do Forno e a praia do Farol, que é uma área de preservação ambiental e considerada uma das mais bonitas do Brasil. A caminho das praias, é possível conhecer a Gruta azul, a Pedra do Macaco e a Fenda de Nossa Senhora. O último ponto do roteiro é um restaurante flutuante, em alto mar, com cardápio especializado em frutos do mar da região. Hoje, a média de preço do passeio é de R$60,00.150470_444777582267714_735563460_n

Além das praias que você pode conhecer através do passeio de barco, a cidade tem praias urbanas, com quiosques e preparo para receber os turistas. A principal, além da praia dos anjos, é a praia Grande que também é propícia à prática do surf e é cenário para competições de esportes náuticos.

http://mapadecultura.rj.gov.br/manchete/racha-de-nossa-senhora
http://mapadecultura.rj.gov.br/manchete/racha-de-nossa-senhora
Pedra do macaco, visto do passeio de barco.
https://www.flickr.com/photos/marciocarrasco/4288669461

 

Arraial não possui estabelecimentos luxuosos, mas todos são aconchegantes e não são muito caros comparados aos valores da capital fluminense. Chegar na cidade é fácil, pois ela fica apenas 140km do Rio de Janeiro, entre Búzios e Cabo Frio. Diariamente tem saídas de ônibus da rodoviária Novo Rio, pela empresa Autoviação 1001 em vários horários. O custo da passagem em ônibus convencional é de R$54,91. O caminho também é rico em encantos naturais.

O município tem um clima agradável, com temperatura média de 25 graus no verão, e reúne algumas das mais pelas paisagens do litoral brasileiro, como dunas, lagoas, costões, restingas e praias.

Sem dúvida Arraial do Cabo é um dos lugares mais bonitos do estado do Rio de Janeiro e do Brasil. Vale a pena reservar alguns dias em sua passagem pelo estado para desfrutar dos encantos dessa cidade que também é maravilhosa.

164931_444777658934373_326512739_n

Anúncios

Oito destinos para relaxar corpo e mente

“Meditar, caminhar, entrar em contato com a natureza e recarregar as baterias. Conheça paraísos para promover o seu bem-estar. A seleção é do Momondo, buscador de passagens e hotéis”
1 2 3 4 5 6 7 8

 Matéria publicada no site Diário do Nordeste – Tur, em 03/03/2016

Dias de chuva em Curitiba

Me deram uns dias de férias (forçadamente) agora em junho e aproveitei para ir à Curitiba. Desde pequena tinha vontade de ir lá e acabou calhando de ir, mas o período não foi dos mais favoráveis.

Meu voo, na verdade, foi para Florianópolis. Além de sair mais barato, também aproveitei para rever a Ilha da Magia e alguns amigos que ficaram por lá. Fiquei em Floripa de terça para quarta. Assim que cheguei lá, fui direto para a rodoviária comprar as passagens de ônibus para Curitiba. Existem algumas empresas que fazem a linha FLN – CWB, mas as melhores são Expresso do Sul e Catarinense. Por conta dos horário, escolhi ir e voltar de lá pela Expresso. As duas passagens saíram por em torno de R$ 92,00 (a volta é mais cara que a ida, não sei porque). Os ônibus são muito bons, não precisa pegar leito, os convencionais  são quase leitos, as poltronas superconfortáveis e, para ir direto, pergunte no guiché quais os horários que são sem paradas. A viagem de ônibus dura cerca de 4h, mas a estrada é muito boa e dá pra dormir bem.

Bom, voltando para a viagem, saindo da rodoviária fui para a casa de um amigo, onde ficaria essa noite. Cheguei em Floripa esperando frio, mas o calor estava quase igual ao de Fortaleza. Mas como estava no sul no Brasil, o tempo foi mudando e à medida que ia anoitecendo o tempo foi esfriando. Jantamos no Sushi Roots, onde pedimos um Yakissoba de carne e alguns sushi filadélfia. A comida, além de gostosa, tem um preço superbom. Para quem quiser conhecer a casa, o Sushi Roots fica na Lagoa da Conceição, que também é um lugar superbacana para passear à noite, pois tem vários barzinhos, restaurantes e casa de shows.

Uma dica para quem quer ir pra Floripa e se hospedar em albergue é  o Floripa Hostel. Me hospedei nele em 2010, quando fui sozinha para FLN e achei super bem localizado. Além desse hostel, há também um localizado na praia de Canasvieiras e um na Barra da Lagoa. O Floripa Hostel fica no centro da ilha, perto da avenida Beira-mar e de lá dá para conhecer o centro histórico da cidade à pé (Catedral, mercado público, a árvore centenária), além de ficar perto da rodoviária e da ponte Hercílio Luz, outro ponto turístico da cidade.

Quer dicas do que fazer em Floripa? Dá um pulinho nesse post, nesse post e nesse aqui também.

1

Voltando à viagem, no dia seguinte almoçamos num self service na Lagoa da Conceição (ver com o Deko o nome e pegar o endereço). Como o dia estava muito nublado e chovendo de leve, não deu pra fazer nada no resto do dia. Por conta das manifestações que estavam rolando por todo o Brasil, saímos  as 17h para a rodoviária, com medo da avenida Beira Mar ser fechada pelo pessoal, mas acabamos chegando bem cedo  e assistindo ao restinho do jogo do Brasil. Às 19h30 peguei o ônibus da Expresso e segui viagem.

Depois de 4 horas de viagem, cheguei em Curitiba. A primeira impressão da cidade não foi bonita, pois chegar pela rodoviária e pelo centrão da cidade não é uma visão das melhores. De lá, peguei um táxi para a casa de um amigo que conheci em Santiago (colocar o link).  Como já era tarde, conversamos um pouco e fomos dormir.

Curitiba amanheceu embaixo de muita chuva, mas o mal tempo não nos impediu de sair de casa. Fomos de ônibus até o MON – Museu Oscar Niemeyer, conhecido como museu do olho. Lá estava tendo exposição de alguns artistas, entre ele “A Magia de Escher“, cheia de ilusões de ótica elaboradoras pelo artista holandês.

Este slideshow necessita de JavaScript.

De lá fomos almoçar no shopping Mueller e de lá voltamos para a casa, pois meu amigo ia trabalhar e eu preferi fugir da chuva.

No dia seguinte pela manhã, fui para o Hostel Roma, localizado no bairro Rebouças, de frente ao shopping Estação. Lá conheci a Maria Luiza e o Eduardo, dois irmãos do Rio de Janeiro, e com eles fomos rodar a cidade. Ao lado do shopping Estação tem uma parada do ônibus de turismo da cidade. Você compra um pacote com cinco tickets por R$ 29,00 e pode de descer em cinco pontos turísticos de Curitiba. Saímos do hostel ainda nublado, porém ao desembarcarmos no Jardim Botânico começou a chover, mas nada que impedisse o passeio. Comprei uma capa de chuva descartável e fui conhecer aquele lugar lindo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pegamos novamente o ônibus e rodamos quase toda a linha até chegar à Rua dos Flores, no centro de CWB, para almoçarmos. Como já era quase 16h, fomos para o Mc Donalds mesmo, já que ninguém estava com vontade de almoço tradicional. De lá, fomos andando até a Rua 24 horas, conhecida por não fechar (fica aberta 24h x 7d), por isso seu nome. Lá é cheio de barzinhos, ponto de informações turísticas e algumas salas comerciais.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como a chuva apertou, pegamos um táxi até o shopping Estação e assistimos “Minha mãe é uma peça” no cinema, depois fomos tomar chocolate quente na loja da Koppenhagen e voltamos para o hostel. Enquanto a Malu e o Dudu se saiam para um city tour by night, fiquei no hostel para tentar mudar minha passagem de volta para casa, pois não adiantava ficar em Curitiba (onde a maioria dos passeios e lugares bonitos para se visitar são ao ar livre) se estava chovendo o tempo todo. Fui até a rodoviária para trocar a minha passagem de volta para Floripa e na volta parei novamente no Estação.

Fato curioso: o shopping Estação foi construído anexo à antiga estação de trem da cidade, que foi toda reformada e transformada em shopping. Nele funciona o Museu Ferroviário e tem uma locomotiva com vagões que abriga parte do acerto do museu.

2923

Como não havia muito o que fazer, fui novamente ao cinema, assistir “Odeio o dia dos namorados”. Voltei para o hostel,  arrumei minha mala e fui dormir.

No dia seguinte, acordei cedo e fui para a rodoviária. Peguei o ônibus das 9h30 e às 13h15 cheguei em Florianópolis. Da rodoviária fui direto para o aeroporto e lá fiquei até a hora do meu voo. Ainda deu tempo assistir ao primeiro tempo de Brasil x Uruguai na sala de embarque.

Em resumo, a viagem foi boa pra rever alguns amigos, mas ir para Curitiba no inverno não foi uma escolha acertada. Na próxima vez, deixarei para ir quando sol estiver bem alto e forte.

Fortaleza, mar de luz, de sol e de mar

Fortaleza de um jeito que você nunca viu! Fazia tempo que não via minha cidade tão bem retratada, fugindo totalmente do lugar-comum dos filmes publicitários. Dessa vez, o Governo do Estado do Ceará mandou bem, parabéns!

Para quem ainda não conhece a capital do Ceará, vale a pena conferir!!!

Você é viciado em viagem?

Sabe aquela sensação de que o mundo é um livro de aventuras bem aberto esperando você desbravá-lo? Pois isso é o que eu sinto o tempo todo. Esse ano já fui para o Chile e para Brasília e mal havia chegado no último destino já estava procurando passagens ou milhas em promo pra viajar de novo. Me senti meio frustrada de não haver mais nenhum feriadão até o final do ano, mas (ufa!) ainda tenho 17 dias de férias para tirar. E o meu rumo? Sul e Centro-oeste do Brasil. Meus planos incluem Curitiba, Floripa (de novo!) e Bonito.

Mas voltando ao tema de vícios, recebi hoje de um amigo a indicação de um post no blog “De mochila e bota”, do blogueiro Mauro Brandão. Comecei a ler e vi que ele já havia “roubartilhado” esse post de outro lugare, mas achei super verdadeiro e também estou passando para frente.

E vc, também é viciado em viagem?

25 SINAIS DE QUE VOCÊ ESTA VICIADO EM VIAGEM

Bom galera, esse próximo post foi pego do blog Vagabundo Profissional que por sua vez pegou do blogBe Free do Fábio que voltou de uma viagem de 15 meses pelo sudeste da Ásia e Europa . Ele foi indicado pra mim pela Lediane Pedroso, uma mochileira que conheci em Arequipa() em Janeiro de 2013 !Me identifiquei por demais com esse post, e sem vergonha nenhuma reproduzo aqui !! É ou não é a mais pura verdade ?

vicio

Cada um viaja de uma maneira, cada um tem interesses diferentes, mas uma coisa todos nos, viajantes, temos em comum: uma vez que você começa a viajar e muito difícil parar!

Se ao ler os os 25 sinais abaixo você reparar que também esta viciado em viagem, não se preocupe, isso só quer dizer que você e aventureiro, tem mais historias pra contar, e curioso e faz parte de umas tribos mais legais e invejadas do mundo!

  1. Está sempre planejando seu próximo destino. –> Sempre, sempre, sempre
  2. Compara preços de produtos com o que você poderia fazer com esse dinheiro durante uma viagem.
  3. Não para de ler blogs e revistas de viagem.
  4. Guia de viagem é um de seus livros favoritos.
  5. Dormir em avião, ônibus, trem e estações e fácil ou você já se acostumou. –> Com certeza!
  6. Sua lista de objetivos possui mais lugares para visitar do que coisas para fazer/comprar.
  7. Você faz suas malas em menos de 10 minutos.
  8. Grande parte do seu salário vai para sua próxima viagem, e não para um carro novo ou uma casa própria. –> Pois é…
  9. Seu facebook esta cheio de mochileiros e estrangeiros. –> Vários
  10. Seu twitter praticamente só “fala” de viagem. –> Sim (twitter.com/passagemnamao)
  11. Suas fotos são os melhores fundos de tela. –> Com certeza
  12. Você tem roupas separadas apenas para viagens.
  13. Você sente um pouco de inveja de alguém que esta viajando mesmo quando você esta no meio de uma viagem. –> Quase sempre
  14. Já pesou e considerou a hipótese de tomar um ano sabático. –> Muitas vezes
  15. Sabe dizer “saúde!” em diversos idiomas.
  16. Seu passaporte e seu documento mais importante.
  17. A única coisa que poderia ser melhor numa viagem é se você pudesse levar sua cama junto.
  18. Você esta acostumado a perder aniversários, casamentos, formaturas e feriados com a família. –> Acontece de vez em quando
  19. Está sempre pesquisando passagens aéreas. –> Agora inclusive
  20. Está acostumado com os mais diferentes temperos. –> Já não sofro mais com jetleg
  21. Já sonhou em ser escritor do Lonely Planet.
  22. Você aprendeu a curtir mais a jornada que o destino.
  23. Seus amigos pedem dicas de viagem para você. –> Sempre
  24. Saudades é um de seus sentimentos mais comuns. –> Com certeza
  25. Você ama o Brasil, apenas acha o mundo tentador demais. –> Super-ultra-mega-blaster acho!
P.S.: Os comentários ao lado dos 25 itens são meus, ok!!!

Fortaleza tem a 3ª tarifa de hospedagem mais barata do mundo

Para quem quer conhecer o Ceará, nossa capital tem todos e mais um pouco de atrativos para atrair os turistas. Olha só a matéria publicada pelo jornal O Povo Online de hoje:

HOSPEDAGEM 29/05/2013
Fortaleza tem a 3ª tarifa mais barata do mundo

Para o turismo de negócios, a Capital do Ceará apresenta uma tarifa média de US$ 83,40. É uma das mais baratas entre 19 cidades no mundo pesquisadas pela Embratur. Secretário do Turismo diz que valores devem ser maiores, mas seguirão competitivos.

A cidade de Fortaleza tem a terceira tarifa média mais barata do mundo para hospedagem do turismo de negócios, que leva em consideração 14 dias de antecedência na reserva e três dias de estada – leito para um adulto. A constatação é da Pesquisa Internacional de Preços da Hotelaria (PPH), realizada pelo Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), com 19 cidades do Brasil e do mundo.

A Capital cearense apresenta preço médio de US$ 83,40 (cerca de R$ 167), mais cara apenas do que Salvador – US$ 83,17 (cerca de R$ 166) e Belém – US$ 76,39 (cerca de R$ 153).

“Um destino mais barato nos torna atrativo. Mas isso não é suficiente. O mais importante é serviços de qualidade”, analisa Régis Medeiros, vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará (ABIH-CE).

O secretário do Turismo, Bismarck Maia, ressalta que o período pesquisado é de baixa para eventos, por isso, um preços menores na hospedagem. “Queremos qualificar o destino, não para ficar caro, mas trazer o turista de maior poder aquisitivo. Continuamos querendo também o turista de lazer”.

Na perspectiva do turismo de lazer, cuja estada é de sete dias e reserva feita 60 dias antes (quarto para dois adultos), Fortaleza encarece o preço e desce para a sétima mais barata entre as cidades envolvidas. Fica mais cara, inclusive, que Buenos Aires (Argentina), com US$ 115,77 (cerca de R$ 231), e Santigo (Chile), com US$ 100,49 (cerca de R$ 200).

O estudo foi feito em sites especializados buscadores de hotéis. Foi utilizada a menor tarifa de dezembro de 2012 a março de 2013. A pesquisa é a mais recente sobre o setor divulgada pela Embratur, em janeiros.

Copa das Confederações

O POVO divulgou, dia 31 de janeiro, que as tarifas em Fortaleza para a Copa das Confederações estariam 77,5% mais caras, com dados também da Embratur, sobre as cidades-sede do evento. No mesmo conteúdo, levantamento do jornal chegou a uma alta de até 125%, de 16 a 25 de junho.

ENTENDA A NOTÍCIA

Na última alta estação, Fortaleza surpreendeu os turistas com preços mais elevados nas passagens aéreas e nas hospedagens. O titular da Setur critica essa prática e diz que a Capital seguirá com preços competitivos.

Assistindo a Paixão de Cristo, em Nova Jerusalém

Aproveitando que em 2007 fui para Pernambuco com minha irmã, fomos até Nova Jerusalém assistir ao espetáculo da Paixão de Cristo. Carmo Dalla Vecchia interpretou Jesus Cristo; Grazi Massafera dava vida à Maria Madalena. A montagem reuniu também os experientes Francisco Cuoco e Herson Capri.

paixao

Vejam algumas fotos do espetáculos:

 

Assistam dois trechinhos do espetáculo no nosso canal no Youtube: http://youtu.be/aHaegfVI54o e http://youtu.be/iLz547Mffnw

 

5 dias na capital do Frevo

Há muito tempo atrás e muitos quilos a menos, nos idos de 2007, fui com minha irmã Alessandra para Pernambuco. Era Semana Santa e aproveitamos para conhecer Olinda, Porto de Galinhas, Caruaru e, de quebra, assistimos ao espetáculo da Paixão de Cristo, em Nova Jerusalém (que vai ganhar um post só pra ele). Ficamos hospedadas no hostel Boa Viagem, que fica na praia de mesmo nome.

Como nessa época eu ainda engatinhava na criação desse blog, não tenho anotações dos detalhes da viagem, mas lembro que ficamos 5 dias em Pernambuco e que foi supercorrido e cansativo, pois fizemos muitos passeios em pouco tempo. Continue Lendo “5 dias na capital do Frevo”